Imagem do cabeçalho.

Instruções de Utilização do Dosimetro Individual


  1. O dosímetro deve ser usado na região superior esquerda do tórax, com a etiqueta que identifica o trabalhador virada para a frente (9kb).O dosímetro deve ser usado na região superior esquerda do tórax, com a etiqueta que identifica o trabalhador virada para a frente, como se mostra na figura.
    1.b) Utilização de avental de chumbo. Se utilizar um avental de chumbo e apenas um dosímetro para avaliar a dose recebida, o dosímetro deve ser colocado por baixo do avental, na região superior esquerda do tórax, com a etiqueta que identifica o trabalhador virada para a frente. Se utilizar dois dosímetros, um deles deverá ser colocado por baixo do avental de chumbo na região superior esquerda do tórax, ou no abdómen; o segundo dosímetro deverá ser colocado por cima do avental, na região superior esquerda do tórax. Neste caso, o cálculo da dose efectiva deve ser realizado pelo responsável pela protecção radiológica da instalação com base nas leituras dos dois dosímetros (DL 167/2002).
  2. Deve enviar o dosímetro para processamento imediatamente após o fim do período de controlo mencionado na folha de envio de dosímetros e acompanhado desta.
  3. Ao receber o dosímetro para o próximo período de controlo, retire a tira que contém a mola, coloque-a no novo dosímetro e envie aquele que esteve a usar para processamento.
  4. Não tente abrir o dosímetro. Não coloque o dosímetro próximo de fontes de calor, nem de substâncias corrosivas. Por exemplo, não se esqueça de retirar o dosímetro da bata antes de a enviar para a lavandaria.
  5. O dosímetro pessoal é intransmissível. Utilize somente o dosímetro que lhe está atribuído e que se encontra devidamente identificado.
  6. Utilize a coluna de observações da folha de envio de dosímetros para identificar qualquer situação ocorrida com o trabalhador, ou com o dosímetro, no período de controlo respectivo.
  7. P.f. tenha em atenção que o dosímetro é um detector de radiação que lhe é atribuído com o objectivo de avaliar a dose de radiação recebida durante a realização de uma prática. Não evita, nem impede, a exposição às radiações ionizantes.